09/02/2010

Vamos inovar!!!

A proposta é seguinte: que tal deixarmos de lado as os projetos que enfatizam as datas comemorativas e passarmos a inovar?Vamos deixar as datas comemorativas importantes no nosso calendário e as menos importantes deixamos para trabalhar na rodinha. Podemos comentar, explicar e até mesmo ilustrar mas não temos a necessidade de passar 15 dias ou até mesmo um mês naquele determinado assunto. Não que eles não sejam importantes, mas é preciso inovar. E cá entre nós é bem mais fácil termos datas de apoio do que analisarmos as necessidades dos nossos alunos e criarmos apartir daí os nossos projetos. A proposta é inovar!! Tentem deixar de lado o calendário e usem a imaginação, o resultado é gratificante. Todos aprendem e se divertem, as aulas ficam diversificadas e prazerosas até mesmo para nós educadoras, pois deixamos de ser escravas do calendário para dar asas a nosssa imaginação. Experimentem!!!!!

Dicas de projetos independentes:
  • CORES;
  • FÁBULAS;

  • CULINÁRIA;

  • TEATRO;
  • HORTA;

  • MEIO AMBIENTE;
  • FAMÍLIA;
  • IDENTIDADE;
  • AUTONOMIA;
  • MÚSICA;

  • POESIA;
  • LIXO;

  • TÉCNICAS ARTÍSTICAS;

  • DOBRADURA;
  • OBRAS DE ARTE (RELEITURA);
  • ALIMENTAÇÃO;
  • PAZ NO MUNDO;
  • IDENTIDADE;

  • RECICLAGEM;

  • ANIMAIS;

  • DENGUE;
  • TRÂNSITO e
  • CONSTRUÇÃO DE JOGOS.

Obviamente datas como dia das mães, dos pais e o natal não podem e nem devem ser deixadas de lado, por serem datas de grande importância. Mas existem algumas que poderiamos dar menos importância e aproveitar para INOVAR.

4 comentários:

DRIKA OLIVEIRA disse...

eh .. nossos meninos e meninas precisam msssm de aulas dinâmicas...
parabéns!!!

disse...

Concordo plenamente.Aliás, já faço isso em sala de aula.Chega de tradicionalismo!!!Inovar já!

Karine disse...

Acho muito importante que se pense em projetos que vão de acordo com as necessidades das crianças e que sejam construídas propostas que ampliem o conhecimento de mundo de cada criança. Mas no finalzinho de seu poste vc fala sobre dias das mães, pais e natal. Será que não é necessário repensar essas datas também, uma vez que a constituição familiar vem mudando radicalmente e o natal abrange outros segmentos como: religião e condição social?

ROBERTA disse...

ADOREI SEU BLOG MUITO CRIATIVO...ESTAS DICAS DE PROJETOS SÃO MARAVILHOSAS.CRIEI UM MAIS NÃO ESTOU CONSEGUINDO USAR VC PODE ME AJUDAR SEU BLOG ESTÁ LINDO.

Buscar

 
Templates Novo Blogger